Pablo Neruda

Chile
12 Jul 1904 // 23 Set 1973
Poeta [Nobel 1971]

36 Poemas

>>

Se Me Esqueceres (1)

Quero que saibas/ uma coisa./ / Sabes como é:/ se olho/ a lua de cristal, o ramo vermelho/ do lento outono à minha janela,/ se toco/ junto do lume/ a impalpável cinza/ ou o enrugado corpo da lenha,/ ...

Para não Deixar de Amar-te Nunca  (2)

Saberás que não te amo e que te amo/ pois que de dois modos é a vida,/ a palavra é uma asa do silêncio,/ o fogo tem a sua metade de frio./ / Amo-te para começar a amar-te,/ para recomeçar o infinito/...

O Teu Riso (3)

Tira-me o pão, se quiseres,/ tira-me o ar, mas/ não me tires o teu riso./ / Não me tires a rosa,/ a flor de espiga que desfias,/ a água que de súbito/ jorra na tua alegria,/ a repentina onda/ de prat...

Amo-te Sem Saber Como (4)

Não te amo como se fosses rosa de sal, topázio/ ou seta de cravos que propagam o fogo:/ amo-te como se amam certas coisas obscuras,/ secretamente, entre a sombra e a alma./ / Amo-te como a planta que...

Não Estejas Longe de Mim um Dia que Seja (5)

Não estejas longe de mim um dia que seja, porque,/ porque, não sei dizê-lo, é longo o dia,/ e estarei à tua espera como nas estações/ quando em algum sitio os comboios adormeceram./ / Não te afastes ...

O Pai (6)

Terra de semente inculta e bravia,/ terra onde não há esteiros ou caminhos,/ sob o sol minha vida se alonga e estremece./ / Pai, nada podem teus olhos doces,/ como nada puderam as estrelas/ que me ab...

Para o Meu Coração... (7)

Para o meu coração basta o teu peito,/ para a tua liberdade as minhas asas./ Da minha boca chegará até ao céu/ o que dormia sobre a tua alma./ / És em ti a ilusão de cada dia./ Como o orvalho tu cheg...

Tu És em Mim Profunda Primavera (8)

O sabor da tua boca e a cor da tua pele,/ pele, boca, fruta minha destes dias velozes,/ diz-me, sempre estiveram contigo/ por anos e viagens e por luas e sóis/ e terra e pranto e chuva e alegria,/ ou...

Tenho Fome da Tua Boca (9)

Tenho fome da tua boca, da tua voz, do teu cabelo,/ e ando pelas ruas sem comer, calado,/ não me sustenta o pão, a aurora me desconcerta,/ busco no dia o som líquido dos teus pés./ / Estou faminto do...

Quero-te Apenas Porque a Ti Eu Quero (10)

Não te quero senão porque te quero/ e de querer-te a não querer-te chego/ e de esperar-te quando não te espero/ passa meu coração do frio ao fogo./ / Quero-te apenas porque a ti eu quero,/ a ti odeio...
>>

Facebook

Inspirações

As Faces da Bondade

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE