42 Poemas

>>

Só! — Ao Ermita Sósinho na Montanha (1)

Só! — Ao ermita sósinho na montanha/ Visita-o Deus e dá-lhe confiança:/ No mar, o nauta, que o tufão balança,/ Espera um sopro amigo que o céo tenha.../ / Só! — Mas quem se assentou em riba estranha,...

Estás Só (2)

Estás só. Ninguém o sabe. Cala e finge./ Mas finge sem fingimento./ Nada 'speres que em ti já não exista,/ Cada um consigo é triste./ Tens sol se há sol, ramos se ramos buscas,/ Sorte se a sorte é da...

Solidão (3)

Aproximo-me da noite/ o silêncio abre os seus panos escuros/ e as coisas escorrem/ por óleo frio e espesso/ / Esta deveria ser a hora/ em que me recolheria/ como um poente/ no bater do teu peito/ mas...
Raiz de Orvalho e Outros Poemas

Os Instantes Superiores da Alma (4)

Os instantes Superiores da Alma/ Acontecem-lhe - na solidão -/ Quando o amigo - e a ocasião Terrena/ Se retiram para muito longe -/ / Ou quando - Ela Própria - subiu/ A um plano tão alto/ Para Reconh...

O Solitário (5)

Detesto seguir alguém assim como detesto conduzir./ Obedecer? Não! E governar, nunca!/ Quem não se mete medo não consegue metê-lo a/ ninguém,/ E só aquele que o inspira pode comandar./ Já d...
A Gaia Ciência

Estar Só é Estar no Íntimo do Mundo (6)

Por vezes cada objecto se ilumina/ do que no passar é pausa íntima/ entre sons minuciosos que inclinam/ a atenção para uma cavidade mínima/ E estar assim tão breve e tão profundo/ como no silênci...

O Palácio da Ventura (7)

Sonho que sou um cavaleiro andante./ Por desertos, por sóis, por noite escura,/ Paladino do amor, busco anelante/ O palácio encantado da Ventura!/ / Mas já desmaio, exausto e vacilante,/ Quebrada a e...

Solidão (8)

A solidão é como uma chuva./ Ergue-se do mar ao encontro das noites;/ de planícies distantes e remotas/ sobe ao céu, que sempre a guarda./ E do céu tomba sobre a cidade./ / Cai como chuva nas horas a...

Começa a Ir Ser Dia (9)

Começa a ir ser dia,/ O céu negro começa,/ Numa menor negrura/ Da sua noite escura,/ A Ter uma cor fria/ Onde a negrura cessa./ / Um negro azul-cinzento/ Emerge vagamente/ De onde o oriente dorme/ Se...

Nós não Somos deste Mundo (10)

Para a solidão nascemos. Outras vozes/ nos chamam e invocam, outros corpos/ se perfilam radiosos contra a noite./ Nós não somos daqui. Num intervalo/ de campanhas esquecidas nos dizemos,/ abrindo o c...
>>

Facebook

Inspirações

Basta uma Palavra

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE